Investigações

Atuais investigações

Nós estamos sempre trabalhando em uma série de casos com reivindicações de todos os tamanhos surgidas de condutas inadequadas de corretoras, seguradoras, e outras empresas de serviços financeiros. Essas reivindicações são frequentemente baseadas em leis de títulos, leis de commodities, fraude, violação de dever fiduciário, negligência, recomendações inadequadas/inapropriadas, negociação excessiva, e negociação não autorizada, entre outras violações da lei, envolvendo uma série de investimentos. Em determinado momento, entretanto, nós podemos focar em tipos específicos de casos e investigar ativamente determinadas empresas financeiras, consultores e produtos. Atualmente, nós estamos focados nos seguintes tipos de casos:

Nós usamos os melhores intérpretes e tradutores para ajudar nossos clientes de língua portuguesa do Brasil a explicar suas reivindicações em processos judiciais e de arbitragem em todos os Estados Unidos.

Casos de Investimentos Alternativos - Investimentos alternativos incluem uma ampla variedade de investimentos que não estão em categorias tradicionais de ações e títulos. Em teoria, qualquer investimento que não seja um investimento tradicional em ações - ações ordinárias e ações preferenciais - ou um título tradicional - cupom e dívida com cupom zero - é considerado um investimento alternativo. Assim, a categoria de investimentos alternativos inclui produtos estruturados, conversíveis reversos, fundos de hedge, investimentos de qualidade privada, títulos (podres) de alto rendimento, REITs não negociadas, fundos negociados de moedas e muitos outros.

Investimentos alternativos são em geral bastante complexos e apresentam uma ampla série de riscos e questões regulatórias, incluindo adequação e questões de revelação, liquidez limitada, falta de transparência, estruturas de tarifas obscuras e com frequência caras, falta de atividade do mercado secundário, e dificuldade na precificação. Essas características torna difícil aos corretores e investidores compreender e avaliar inteiramente os perigos e riscos associados com investimentos alternativos. Por outro lado, isso torna difícil, se não impossível, para um corretor, fornecer uma revelação completa e equilibrada relacionada ao investimento alternativo e seus riscos.

Além disso, a maioria dos investimentos alternativos pagam altas comissões à corretora que os vende e altas tarifas para a empresa que as estrutura (frequentemente a mesma firma). De modo correspondente, corretoras têm incentivos importantes para vender esses investimentos.

Casos de Conversíveis Reversos - Conversíveis Reversos são com frequência vendidos para investidores como investimentos seguros que produzem renda. Eles não são. Conversíveis reversos são, de fato, combinações de opções complexas que colocam o principal do investidor em risco. A nota de alto rendimento de curto prazo que os investidores acreditam que eles estão comprando está vinculada ao desempenho de um "ativo de referência" de modo que, se o ativo de referência perder valor, o investidor recebe o ativo depreciado no vencimento, ao invés de um retorno do principal à vista. É por isso que a FINRA alertou que esses produtos não são adequados para investidores com contas não aprovadas para negociação de opções. Esses produtos estruturados são tão obscuros e complexos que nenhum consultor de investimentos comum pode avaliá-lo de modo apropriado e revelar os riscos aos investidores.

Casos de Produtos Estruturados -- Nós estamos atualmente representando clientes que compraram produtos estruturados. Esses produtos são produtos financeiros complexos, orientados por opções, que pretendem pagar maiores rendimentos. Eles são frequentemente comercializados como ofertas seguras, mas na realidade não são nada mais do que a dívida não garantida do emissor. Em geral, são sobrevalorizados e não têm liquidez. A maioria dos clientes não compreendem esses produtos complexos e, em muitos casos, nem os próprios corretores que vendem os produtos compreendem.

Casos de Investimentos Privados / Ofertas Reg D - Nós estamos atualmente representando clientes que buscam indenização por perdas ocorridas em uma série de investimentos privados. Colocações privadas (também conhecidas como ofertas Reg D da regulamentação federal que as isenta da exigência de registro) são um item perene na Lista das Dez Maiores Fraudes de Investimentos dos reguladores do estado. Além dos altos riscos associados com colocações privadas mesmo quando não há desonestidade envolvida, há o risco de uma fraude indiscutível. Infelizmente, o risco de fraude e outros riscos associados com colocações privadas são frequentemente bem escondidos até que um grupo deles implode e recebe atenção da imprensa. Abusos comuns de prática de vendas envolvem: (a) classificação errada de investidores como "habilitados" (ou seja, que atendem determinados critérios de renda e patrimônio líquido) quando não são, (b) declarações falsas e omissão na revelação de fatos e riscos importantes que, se revelados apropriadamente, seriam causa para um investidor não comprar o investimento, e (c) recomendação de um investimento inadequado.

Casos de Fundos de Investimentos Imobiliários não negociados - Nós estamos representando investidores que, como milhares de outros, têm fundos ligados a REITs não negociados. Esses investimentos não têm liquidez, envolvem pagamentos de tarifas exorbitantes, envolvem riscos substanciais e falsamente pretendem ter volatilidade pequena ou nenhuma.

Casos de Fundos Negociados de Câmbio (ETFs) - Fundos negociados de câmbio têm se tornado extremamente populares, mas são infestados por uma série de riscos que não foram adequadamente revelados, e não são, portanto, bem compreendidos pela maioria dos investidores. Fundos negociados de câmbio, como fundos mútuos fechados, podem ser negociados com um prêmio ou um desconto em relação a seu valor de ativo líquido. Enquanto se acredita largamente que os preços de mercado de fundos negociados de câmbio variam apenas levemente do valor do ativo líquido subjacente, isso é apenas verdade nos fundos negociados de câmbio líquidos e mais pesadamente negociados, como o Índice S&P 500 SPDR. Outros fundos de menor liquidez e menos negociados podem ser negociados com prêmios ou descontos significativos em relação ao valor do ativo líquido. Muitos ETFs estão baseados em pequenos índices de mercado ou nichos que podem ser bem voláteis. Enquanto muitos investidores investiram em ETFs, uma pesquisa da Charles Schwab concluiu que a maioria não compreendeu o produto.

Casos de Fundos de Hedge - Nós representamos regularmente investidores que perderam valores substanciais de dinheiro investindo em fundos de hedge. "Fundo de hedge" é um termo que foi usado para descrever e promover uma série de grupos de investimentos. Uma característica comum desses vários tipos de fundos de hedge é que eles operam sem registro ou supervisão dos órgãos reguladores de títulos estaduais ou federais ou de qualquer SRO. Devido à ocultação do sigilo que cerca a maioria dos fundos de hedge, a adequação da revelação completa é com frequência um problema significativo. O sigilo também representou uma oportunidade para gestores de fundos de hedge inescrupulosos para orientar mal e fraudar investidores.

Casos de Fundos Fechados - Fundos Fechados que são tipos de empresas de investimentos que vendem suas ações em uma oferta pública inicial e então negociam como ações no mercado secundário. Eles se apresentam em muitas variedades e têm diferentes objetivos, estratégias, riscos, taxas e volatilidade. Durante os primeiros oito meses de 2011, os investidores informaram perdas de mais de $1 bilhão em fundos fechados, muitos dos quais eram inadequados e objeto de declarações falsas.

Casos de Previdência Privada Variável - Nós estamos rotineiramente envolvidos em uma série de casos de previdência privada variável surgidos de recomendações e explicações inadequadas de uma corretora a seus clientes.

Casos de Títulos de Hipotecas e Obrigações de Dívidas Garantidas - Nós ainda estamos desejando representar clientes que tenham sofrido danos como resultado do desastre na hipoteca sub-prime e do fracasso do investimento em CDO. Muitos desses títulos foram vendidos inadequadamente como alternativas de grau de investimento muito seguras em relação às obrigações AAA.

Casos de Abusos de Idosos - Ao longo dos anos, nossa firma foi contratada em um número cada vez maior de casos que envolveram abuso financeiro (maus tratos) a cidadãos idosos. Infelizmente, cidadãos idosos se tornaram alvos de uma série de empresas de títulos e seguradoras inescrupulosas. A esse respeito, um recente estudo determinou que o conhecimento sobre questões financeiras cai 2% a cada ano após os 60 anos, enquanto ao mesmo tempo aumenta a confiança em ser financeiramente versado. O estudo envolveu um teste que mediu conhecimento de questões básicas de investimentos, seguro, crédito e dinheiro. Os com 60 anos responderam corretamente 59% e os com 80 anos ou mais responderam corretamente 30%. Pessoas com mais de 60 anos controlam metade da riqueza dos Estados Unidos. Elas em geral não apenas não têm ciência de sua capacidade diminuída, mas têm confiança excessiva sobre sua capacidade de tomar decisões financeiras. Não apenas os americanos com mais de 60 anos tenderão a cometer mais erros financeiros, como eles estão sendo alvos de tentativas de fraude por fraudadores. Idosos são 12% da população, mas são 35% de todas as vítimas de fraude, de acordo com o Conselho Nacional de Envelhecimento. Felizmente, há muitas proteções que a lei oferece a cidadãos idosos que tenham sido vítimas.

Fraudes de Aposentadoria Antecipada - Nós representamos uma série de pessoas dos anos 50 e 60 que trabalharam suas carreiras inteiras para grandes empresas com planos de pensão tradicionais e que escolheram a opção de receber um pagamento único de aposentadoria ao invés da pensão tradicional. Esses aposentados escolheram a opção de pagamento único com base no conselho de profissionais financeiros de confiança que recomendaram aquela opção porque ela pretensamente ofereceria maior renda de aposentadoria mensal e também a oportunidade de crescer o investimento com risco pequeno ou nenhum. Nesses casos, o profissional financeiro recomendou a opção de pagamento único porque aquela foi a única forma que sua empresa poderia ganhar o controle dos ativos da aposentadoria e gerar comissões. Os investidores sofreram perdas substanciais.

Casos de Delator da Indústria de Serviços Financeiros - Recentemente, leis foram alteradas para autorizar que fossem pagas recompensas a funcionários da indústria de serviços financeiros que ofereçam assistência substancial a reguladores na identificação e prevenção a fraudes. A lei reconhece que funcionários da indústria de serviços financeiros são frequentemente a "primeira linha de defesa" para detectar e impedir que as fraudes se tornem mais difundidos. Dessa forma, a lei autoriza o pagamento a funcionários da indústria de serviços financeiros de recompensas que variam de 10 a 30% das multas ou penalidades cobradas que superem $1 milhão.

Questões trabalhistas - Nós regularmente representamos clientes em litígios trabalhistas que variam de diretores a assistentes de vendas. Esses litígios em geral envolvem questões de rescisão, questões de empréstimos e acordos contratuais.

Reivindicações de Maus Corretores - Nosso escritório rotineiramente está envolvido em casos que surgem de atos comuns de má conduta de um corretor isolado e sua empresa. Essas ações são baseadas em falsas declarações de fatos importantes e má aplicação dos fundos do investidor, entre outras coisas.

Processos Regulatórios (Auto-Regulatórios) - Nós estamos continuamente representando clientes que são alvos ou testemunhas de ações regulatórias ajuizadas pela SEC, pela CFTC, pela FINRA, pela NFA e várias autoridades estaduais. O Dr. Pearce é um dos poucos advogados do país que não apenas derrotou a SEC mas também obteve indenizações para seus clientes dos honorários advocatícios e custas.

Reivindicações por Consultor de Investimentos Registrados / Gestor Profissional de Dinheiro - Nós atualmente representamos clientes com reivindicações baseadas em gestão /administração inadequadas de suas contas por consultores de investimentos registrados/empresas profissionais de gestão de recursos.

Marque sua consulta inicial com um advogado especializado em lei de valores mobiliários e commodities

Contate o escritório de advocacia de Robert Wayne Pearce, P.A. para discutir sua reivindicação de MAT/ASTA. Você pode entrar em contato com o escritório por telefone no número 561-338-0037, gratuitamente pelo 800-732-2889 ou via email.

Contact Us For A Free Consultation
Phone Numbers: 800-732-2889 561-338-0037
I have read the disclaimer